Crédito imobiliário do SBPE cresce no primeiro semestre

10:28:30 - 22/07/2021 - Notícias

SÃO PAULO, 7/22/21 - Junho de 2021 foi mais um mês marcado por recordes do crédito imobiliário. Os financiamentos com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 19,66 bilhões, o maior volume nominal mensal registrado na série histórica iniciada em 1994. O montante foi 12,5% superior ao observado em maio e, comparado com junho do ano passado (R$ 9,27 bilhões), cresceu 112,1%.

No primeiro semestre de 2021, o montante financiado somou R$ 97,05 bilhões, alta de 123,9% em relação a igual período do ano passado.

No acumulado de 12 meses, entre julho de 2020 e junho de 2021, o montante financiado somou R$ 177,67 bilhões, alta de 101,1% em relação ao período anterior.

Financiamentos Imobiliários - Unidades

Foram financiados em junho de 2021, nas modalidades de aquisição e construção, 86,2 mil imóveis, resultado 17,8% superior ao de maio. Comparado a junho de 2020, a alta atingiu 160%.

No primeiro semestre de 2021 foram financiados, com recursos da poupança do SBPE, 417,95 mil imóveis, evolução de 160,1% em relação a igual período de 2020.

No período de 12 meses, entre julho de 2020 e junho de 2021, foram financiados com recursos da poupança 684,02 mil imóveis, resultado 107,6% superior ao do período precedente (329,46 mil unidades).

Poupança SBPE: Captação Líquida

Após desempenho negativo em maio (- R$ 1,18 bilhão), a captação líquida da poupança SBPE voltou ao campo positivo em junho (+ R$ 5,23 bilhões). Apesar dos resultados menos favoráveis em 2021, junho marcou a terceira maior captação líquida para o mês citado nos últimos 27 anos.

A captação líquida positiva acrescida ao crédito de rendimentos, elevou o saldo da poupança SBPE para R$ 789,5 bilhões, crescimento mensal de 0,9%. Em relação a junho de 2020, observa-se aumento de 7,6%.
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.