BC anuncia novas estatísticas de meios de pagamento

14:55:58 - 18/06/2021 - Notícias

SÃO PAULO, 6/18/21 - O Banco Central (BC) divulgou um novo conjunto de gráficos na página que trata de estatísticas de pagamentos de varejo e de cartões no Brasil. Os dados estão disponíveis no site do BC.

Anteriormente, a publicação dos dados ficava a cargo das infraestruturas de mercado financeiro responsáveis pela liquidação de determinado meio de pagamento. Ou seja, para comparar o uso dos diversos instrumentos, era necessário consolidar as informações que estavam dispersas em vários sites. A única publicação comparativa entre os meios de pagamento era a publicação anual feita pelo BC, usualmente em agosto.

A sistemática de publicação anual continua vigente. Entretanto, a partir de agora, o BC atualizará com mais frequência os novos gráficos.

O propósito do BC é permitir o acompanhamento do mercado de pagamentos de varejo de uma forma mais tempestiva e amigável na página que acaba de ir ao ar.

A intenção é que o espaço facilite a análise sobre o uso dos diversos meios de pagamento e permita o acompanhamento da digitalização dos pagamentos. Para o BC, o monitoramento desses dados é importante para subsidiar a formulação de políticas públicas e a análise de resultado da regulação para incentivar a digitalização e a inovação do setor. Além disso, servirá de consulta para economistas, pesquisadores, jornalistas e demais interessados no tema. É possível fazer o download dos dados em diversos formatos distintos.

No futuro, o BC pretende incorporar dados históricos, anteriores a 2019, nesta página, além de agregar novas visualizações.

Com esta primeira publicação, é possível verificar, por exemplo, o crescimento do uso do Pix desde o seu lançamento, em novembro de 2020, quando comparado com outros instrumentos de transferência de crédito, evidenciando a rápida adoção do novo mecanismo.

Quanto ao primeiro trimestre de 2021, é possível notar a continuidade na tendência de aumento do uso do Pix e de cartão pré-pago e uma queda na utilização do cartão de débito, enquanto o cartão de crédito mantém-se estável, apesar dos fatores sazonais. Já em termos de volume financeiro, nota-se que a TED, dada a sua utilização em transações de altíssimo valor, apresenta cifras significativamente mais altas que os demais instrumentos. Nota-se, ainda, que o volume financeiro de transações Pix superou o observado para os cartões.
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.