Pedidos de recuperação judicial recuam em 2021

15:08:05 - 17/01/2022 -

SÃO PAULO, 1/17/22 - De acordo com o Indicador de Falências e Recuperação Judicial da Serasa Experian, os pedidos de recuperação judicial registraram queda de 24,4% quando levada em consideração a variação anual acumulada, entre janeiro e dezembro de 2021. O ano passado foi registrado um total de 891 solicitações enquanto em 2020 foram ao todo 1.179. Todos os portes de empresas reforçaram as retrações. No entanto, os micro e pequenos negócios tiveram o maior número de requisições apesar de estarem em queda no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

A análise por segmento revelou que as empresas do setor de Serviço foram as que mais demandaram pelo recurso de recuperação judicial, com 460 pedidos. As áreas do Comércio e Indústria tiveram diminuição, marcando 199 solicitações e 142 respectivamente, enquanto o Primário teve apenas 90.

Requerimentos de falências caem 2,3% durante o ano

Ainda no comparativo do período de janeiro a dezembro de 2020 com 2021, o levantamento revelou que o ano passado foram realizadas 950 solicitações ante os 972 registrados no ano anterior. As micro e pequenas empresas se destacaram com o volume mais expressivo de pedidos (551). Na sequência estão os negócios de grande (218) e os de médio (181) portes.

Na análise por segmento, o setor de Serviços também lidera, com 544 requisições.
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.