Conselho da Odontoprev aprova pagamento de JCP

15:51:03 - 14/06/2021 - Notícias

SÃO PAULO, 6/14/21 - A Odontoprev S/A comunica que, em Reunião do Conselho de Administração realizada em 11 de junho de 2021 conforme proposto pela Diretoria, os Conselheiros aprovaram o pagamento de juros sobre o capital próprio, sujeito às seguintes condições:

Farão jus aos juros sobre o capital próprio os detentores de ações de emissão da Companhia em 16 de junho de 2021.

Montante total bruto dos juros sobre o capital próprio: R$13.500.382,08 correspondentes a R$0,0256840090 por ação, desconsideradas 5.661.034 ações em Tesouraria nesta data.

O valor dos juros sobre o capital próprio está sujeito ao imposto de renda na fonte à alíquota de 15%, exceto para os acionistas comprovadamente isentos ou imunes, ou acionistas domiciliados em países para os quais a legislação estabeleça alíquotas diversas.

Os acionistas isentos ou imunes deverão comprovar a sua condição até 30 de junho de 2021, encaminhando a documentação pertinente ao Banco Bradesco S.A., aos cuidados do Departamento de Ações e Custódia - Escrituração de Ativos, situado na Cidade de Deus, s/nº, Prédio Amarelo, Vila Yara, na Cidade de Osasco, Estado de São Paulo, CEP 06029-900.

Montante total líquido dos juros sobre o capital próprio: R$11.475.324,77 que correspondem a R$0,0218314080 por ação, exceto para os acionistas que sejam comprovadamente imunes ou isentos, ou acionistas domiciliados em países para os quais a legislação estabeleça alíquotas diversas.
Devido ao Programa de Recompra em vigor aprovado em 30 de março de 2021, o valor do provento por ação poderá ser alterado.

Data de Contabilização dos juros sobre o capital próprio: a Companhia deverá registrar os créditos correspondentes aos juros sobre o capital próprio em sua contabilidade em 30 de junho de 2021.
Data do Pagamento: em 06 de julho de 2021.

As ações da Companhia serão negociadas ex-direito a juros sobre o capital próprio a partir de 17 de junho de 2021, inclusive.

Os juros sobre o capital próprio, líquidos do imposto de renda na fonte serão imputados aos dividendos obrigatórios relativos ao exercício de 2021.
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.