Valor da cesta básica do paulistano recua 0,10%

15:31:42 - 13/04/2021 - Notícias

SÃO PAULO, 4/13/21 - Levantamento mensal feito pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP em convênio com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revela queda de 0,10% no valor da cesta básica do paulistano. O preço médio que em 26 de fevereiro era R$ 1.014,63, passou para R$ 1.013,66 em 31 de março.

A pesquisa realizada regularmente pelo Procon-SP e Dieese aponta ainda que no acumulado dos últimos 12 meses o aumento chega a 27%, em março de 2020 o preço médio da cesta básica era de R$ 798,10.

Em março deste ano, o grupo de Limpeza foi o que apresentou maior variação, 6,07%. Alimentação registrou queda de 0,41% e Higiene Pessoal, queda de 0,20%. A variação no ano foi de 0,57% (base: dezembro/2020).

No mês de março, os produtos que mais subiram foram:
Sabão em pó (kg) 10,73%
Biscoito maizena (pacote 200g) 9,32%
Água sanitária (litro) 6,93%
Ovos brancos (dúzia) 6,29%
Café em pó (500g) 6,17%

As maiores quedas foram:
Batata (kg) -16,81%
Papel higiênico fino branco (4 unidades) -5,59%
Cebola (kg) -4,94%
Queijo muçarela fatiado (kg) -4,41%
Arroz (5 kg) -2,96%

Dos 39 produtos pesquisados, na variação mensal, 25 apresentaram alta, 13 diminuíram de preço e 1 permaneceu estável.
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.