PAUTA DO DIA: Vacina da Johnson & Johnson no radar dos investidor

08:56:30 - 13/04/2021 - Notícias

SÃO PAULO, 4/13/21 - As principais bolsas de valores globais deverão apresentar movimentos opostos nesta terça-feira, 13, após a divulgação de que os EUA pediram uma pausa imediata no uso da vacina de dose única contra o coronavírus da Johnson & Johnson para investigar questões de segurança sobre coágulos sanguíneos.

Ásia

Na Ásia, as bolsas encerraram o dia com ganhos. O índice Nikkei 225 subiu 0,72%, aos 29.751,61 pontos. As maiores altas foram registradas nas ações das empresas: Nippon Sheet Glass Co Ltd: 6,77%; Takashimaya Co Ltd: 4,28%; Fujikura Ltd: 4,15% e as da Yokohama Rubber Co Ltd: 4,06%.

Entre os dados da agenda, o Instituto Nacional de Estatísticas da China divulgou que a balança comercial chinesa registrou ganhos de US$ 13,80 bilhões em março de 20201, contra saldo positivo de US$ 103,25 bilhões um mês antes.

Europa

Enquanto isso, na Europa, as bolsas operam de lado nesta manhã.

Por lá, o National Statistics anunciou que a produção industrial no Reino Unido ficou em 1,0% no mês de fevereiro de 2021, na comparação com janeiro. O resultado veio acima do esperado pelo mercado, que previa uma alta de 0,5% do índice. Ante o mesmo mês de 2020 a queda foi de 3,5% em fevereiro deste ano. Analistas previam queda de 4,5%.

EUA

Em Wall Street, o indicador futuro das bolsas norte-americanas aponta para uma abertura em campo negativo.

Brasil

Aqui no Brasil, o Ibovespa deverá acompanhar o desempenho dos pares externos.

Na segunda-feira, 13, o Ibovespa apresentou alta de 0,97%. O índice terminou o dia aos 118.811,74 pontos, enquanto o volume financeiro somou R$ 24,334 bilhões. Entre as ações com as maiores altas da sessão estavam: Pão de Açúcar (9,79%), Braskem (7,82%) e Minerva (5,18%).
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.