IGP-M apresenta variação de 0,50% na 1ª prévia de abril

08:20:36 - 09/04/2021 - Notícias

SÃO PAULO, 4/9/21 - A Fundação Getulio Vargas (FGV) anunciou que o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) variou 0,50% no primeiro decêndio de abril. No primeiro decêndio de março, este índice havia registrado taxa de 1,95%. Com este resultado, a taxa em 12 meses passou de 29,83% para 30,70%.

'Estabilidade nos preços de commodities agrícolas e minerais favoreceu a desaceleração do IPA. Nesta primeira prévia de abril todos os estágios de processamento do índice ao produtor registraram desaceleração, com destaque para Bens Intermediários (5,32% para 1,59%), cuja taxa recuou 3,73 pontos percentuais. A variação de Matérias-Primas Brutas (0,46% para -0,91%) registrou queda, movimento raramente observado nos últimos meses', afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços.

Dentre os indicadores, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) variou 0,36% no primeiro decêndio de abril. No mesmo período do mês de março, o índice subira 2,33%.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) passou de 0,79% no primeiro decêndio de março para 0,80% no primeiro decêndio de abril. Quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação, com destaque para o grupo Habitação (0,11% para 0,57%). Nesta classe de despesa, vale mencionar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de -0,31% para 0,68%.

Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 1,04% no primeiro decêndio de abril, taxa inferior a apurada no mês anterior, quando o índice havia sido de 1,24%.
(MR - Agência Enfoque)

Sites da Enfoque e Fausto Botelho desenvolvidos por Agilso.